Segunda, 27 Outubro 2014 13:49

Wilson Reis finaliza Jorgensen no primeiro round do UFC RIO

Após um começou hesitante, o brasileio Wilson Reis conseguiu se recuperar no combate e finalizou Scott Jorgensen com um katagatame aos 3m28s do primeiro round. Natural do interior de Minas Gerais, o peso-mosca chegou à terceira vitória no UFC, sendo à segunda consecutiva, depois de vencer Joby Sanchez em agosto. Por outro lado, o americano volta a mostrar instabilidade em seu cartel no Ultimate, depois de vencer em junho e interromper uma sequência de três derrotas na organização.

A quarta luta do card preliminar do UFC Rio 5 começou com Scott Jorgensen mostrando muita agressividade, enquanto Wilson Reis apresentava dificuldade em encontrar a distância correta para encontrar o adversário. Com pouco mais de um minuto de combate, o americano acertou um forte cruzado de direita e o brasileiro foi à lona. Entretanto, o mineiro mostrou boa recuperação e logo ficou de pé, voltando para o combate.

Na metade do assalto, Wilson Reis acertou um violento chute de esquerda nas costelas do adversário, que sentiu. Em seguida, o brasileiro conseguiu derrubar o rival e passou a trabalhar o ground and pound. Porém, no chão, o peso-mosca mostrou seu excelente jiu-jítsu e encaixou o katagatame, encerrando o combate aos 3m28s.

Ao final da luta, Wilson Reis comentou como foi conseguir se recuperar, após sofrer uma pancada forte logo no início do confronto.
- Eu comecei bem, mas levei um golpe e entrei no automático, estava bem machucado. Eu só conseguia sentir que ele estava vindo para cima, mas aos poucos fui voltando para luta. Quando eu percebi um espaço e dei o chute, vi que ele andou para trás. Aí aproveitei a oportunidade e encerrei a luta - disse Wilson Reis.

Publicado em Eventos
Sexta, 24 Outubro 2014 16:28

Wilson Reis busca finalização no UFC 179

Wilson Reis é um dos 11 brasileiros escalados para o UFC 179, que acontece neste sábado, no ginásio do Maracanãzinho. O mineiro é parte da Alliance MMA, equipe localizada em San Diego, Califórnia (EUA). E é dentro de seu time que ele encontra sua maior inspiração para vencer seu desafio contra Scott Jorgensen. O brasileiro é companheiro de treinos de Dominick Cruz

Em entrevista ao LANCE!Net, Wilson falou sobre a recuperação de Cruz, que depois de se lesionar, perder o cinturão dos galos e quase completar três anos sem pisar no octógono, retornou ao Ultimate com um nocaute arrasador contra Takeya Mizugaki. O resultado é visto como motivação para o brasileiro. 

- Nós acompanhamos tudo. A lesão, depois da lesão, treinando machucado e depois quando ele perdeu o cinturão para o Barão. Depois disso tudo, a gente ficava até com medo de machucá-lo nos treinos. Todos da equipe estavam ansiosos pela sua volta e ele fez aquela atuação espetacular. Ele escolheu o melhor adversário para seu retorno. Nem o Miguel Torres no auge fez o que ele fez contra o Mizugaki. Foi uma vitória espetacular. Eu estava presente nesse evento e todo mundo até chorou. Ver de perto tudo o que ele passou nos inspira - declarou o atleta. 

O peso mosca, que vem de vitória na decisão contra Joby Sanchez, em agosto, ainda avaliou a oportunidade de se apresentar no Rio de Janeiro pela primeira vez em sua carreira depois de 23 combates. Ele ainda comemorou a chance de lutar no mesmo evento que o outro companheiro de treinos, Phil Davis, que encara Glover Teixeira. 

Poder lutar no Rio está sendo uma experiência maravilhosa. Só de pensar em atuar no Maracanãzinho dá uma empolgação. Estou com uma expectativa muito boa para esse confronto. Curioso é que será diferente para nosso treinador. Ele vai viver duas experiências, com um cara local e outro estrangeiro. Gosto muito do Phil Davis, ele me ajudou demais quando cheguei na equipe, é um ótimo atleta e inspira todos nós. Só de estar no mesmo card que ele estou feliz explicou.

Reis ainda declarou que chega para a luta contra Jorgensen com a intenção de conquistar sua primeira finalização na organização após três lutas. 

- Acompanho o Scott faz muito tempo, desde a época do WEC. Ele é um cara bem duro, tem boas qualidades, tanto na parte em pé, quanto no chão. Estudei bem o wrestling dele, já que é seu carro-chefe, e estou preparado para fazer uma luta rápida. Podem esperar um Wilson Reis bem agressivo em busca dessa finalização que ainda não aconteceu no UFC - finalizou.

O UFC 179 acontece neste sábado e traz, além da disputa de cinturão dos penas entre José Aldo e Chad Mendes, o confronto entre Glover Teixeira e Phil Davis. Nomes como Fabio Maldonado, William Patolino e Gilbert Durinho também estão escalados para o show.

 

Confira as lutas do UFC 179

José Aldo x Chad Mendes

Glover Teixeira x Phil Davis

Fábio Maldonado x Hans Stringer

Darren Elkins x Lucas Mineiro

Diego Ferreira x Beneil Dariush

Card Preliminar

William Patolino x Neil Magny

Yan Cabral x Naoyuki Kotani

Wilson Reis x Scott Jorgensen

Felipe Sertanejo x Andre Fili

Gilbert Durinho x Christos Giagos

Fabrício Morango x Tony Martin

 

Publicado em Eventos
Quinta, 21 Agosto 2014 14:52

Wilson Reis analisa novo adversário e aposta na experiência para voltar a vencer

O adversário será outro, mas, segundo Wilson Reis, a estratégia para o combate do UFC Fight Night 49, que acontece no próximo sábado (23), em Tulsa, Estados Unidos, é a mesma: fazer valer sua experiência. Com o corte de Tim Elliott, lesionado, seu novo adversário será o jovem Joby Sanchez, de 23 anos.

Em entrevista à TATAME, Wilson reconheceu as qualidades do americano, que tem seis lutas e seis vitórias em seu cartel. Porém, segundo o brasileiro, o importante para triunfar é manter o foco no seu jogo.

“Acho que na luta em geral vai mudar pouca coisa, o mais importante é estar preparado. Quanto ao Joby, sei que ele luta de destro, enquanto o Elliott mudava de destro para canhoto. Sei também que ele é um moleque bom, venceu todas as suas lutas por nocaute ou finalização. Mas tenho certeza que se eu estiver focado, meu jogo vai prevalecer”.

Vindo de um revés para Iuri Marajó, em fevereiro deste ano, Wilson fará contra Joby sua terceira luta pelo UFC. O mineiro, entretanto, não se preocupa com a pressão por resultados, mesmo lutando pela principal organização de MMA do mundo.

“Treino todos os dias, me dedico 100% à minha profissão. Não posso sentir pressão. Tenho que entrar para fazer o meu melhor, e é isso que seguirei fazendo. Quando se trabalha, o resultado surge naturalmente”, finalizou o peso-galo.

Wilson Reis é um atleta patrocinado da World Tatami.

Publicado em World Tatami

Posts

Busque por Data

« Novembro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

Facebook

Localização

Avenida Professor José Maria Alkmin, 998 - Jardim Ester  
CEP: 05366-000 - Butantã  - São Paulo - SP

 

Contato Rápido

55 11 3731-3584 

55 11 3733-1436
 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

Realize o seu orçamento

Portuguese English Spanish
Top of Page